Incompreensível

Você viajaria 200 km para:

  • Pagar 20 (ou 40) reais em um ingresso? E, se for de carro, mais 10 pelo “estacionamento”.
  • Ficar imerso em um forte cheiro de maconha durante 2 horas?
  • Assistir a um show sertanejo, com músicas que você não conhece?
  • Pagar 3 reais num pacotinho mini de pipoca? E 4 reais em um copo de coca(?) ?
  • Entrar em uma fila quilométrica e ter que aguentar os folgados furando a fila?
  • Ficar debaixo de um sol de 35º, pingando suor?

E depois de tudo isso, viajar mais 200 km de volta?

Com certeza. Não me pergunte o porquê; eu mesma não sei.

Mas se por um lado você encontra alguns “inconvenientes”, tem outras coisas que compensam. O quê?

  • Gritar até ficar rouco (e ficar feliz por isso).
  • Ver famílias e bandidos todos unidos por um só ideal (há, filosofei hahaha). (Tem madame na numerada, tem playboy de gola pólo e Ray Ban, tem doido com tatuagem de prisão, velhinho e criancinha. Tudo junto e misturado!)
  • Venerar o Chicão, Rei do Universo.
  • Ir ao shopping e ver umas 5 pessoas por m² vestidas com o manto.
  • Barganhar uma capa de chuva que custava 12, foi feita por 10, 2 por 15 e, no fim,  comprar 3 por 15. (Pra você que não acompanhou a matemática complexa do malandro: uma capa que custava 12 saiu por 5.)
  • Por fim, por aquela sensação única de ouvir alguém gritando, com a maior pureza, com amor mesmo, nada mais do que isso: “Vai Curintiá!“.

Sim, eu viajaria 200 km pra tudo isso. Na verdade, eu viajei.

Foi assim o jogo de abertura do Paulistão-10 em Ribeirão Preto, quando o Corinthians enfrentou o Monte Azul, que estreava na 1ª divisão. O futebol foi fraco, o time estava cheio de reservas, e eu perdi o único – e esquisito – gol do Timão (um cara do Pavilhão 9 resolveu fazer do meu lugar passagem. E eu fiquei quietinha, óbvio) (/tema da minha vida: “Se eu me distraio um único instante, pode apostar que eu perco o mais importante”).

Se valeu a pena? Tudo vale a pena. Se a alma não é pequena. Claro que sim. Por quê?

Por toda a sua história. Por toda a sua tradição. Até o fim da minha vida, te amo Timão.

***

Considerações sobre o jogo…

A Gaviões só chegou no 2º tempo, provavelmente estava presa (literalmente) em algum lugar. Aliás, chegou, viu 45 min de um jogo ruim, e voltou mais 400 km de volta pra casa. O Monte Azul marcou bem, jogou a vida. E comemorou muito o empate ao final do jogo.

O São Paulo perdeu em casa, por 3 x 1. E o meu amigo são paulino, que estava infiltrado (invejando), se arrepiando, na torcida do Coringão, ficou caladinho, torcendo pra ninguém olhar o placar. Isso alegrou um pouquinho mais o jogo.

Corinthiano gosta de sofrer, mas torcer pro Souza já é tortura. Ele é ruim demais. Sério, dá gastura.

Iarley estreou bem, corre bastante. Vai cair bem no Timão. Enquanto isso, o Tcheco ou aprende a correr ou vai ter vida curta no Corinthians.

E, bom, o Chicão foi impecável, como sempre. Minha próxima camisa é nº3, fato. (Enquanto a torcida gritava todo mundo, eu só gritava o Chicão S2.)

É isso. Hoje o Corinthians realmente estreia no Paulistão. Roberto Carlos, Ronaldo, Elias, Felipe, Alessandro, Chicão e Pacaembu. O Centenário começou.

Vai Curintiá.

Publicado por: Lê Scalia

About these ads

Sobre Lê Scalia

Mineira, corinthiana e publicitária. Apaixonada por cinema, também adora viajar: pelo mundo, por um livro ou pela vida. Às vezes irônica, sempre intolerante: a ignorância, falta de respeito e lactose. Pra mais @LeScalia.

Publicado em 20/01/2010, em Esportes, Pessoal e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 13 Comentários.

  1. Ana Claudia Cichon

    Nossa, que sensação perfeita.
    Realmente, não há NADA que explique o sentimento de um corinthiano. Pode ser num jogo contra Monte Azul, Goiás, River Plate ou Manchester… o orgulho é o mesmo. Nunca vi um jogo na torcida do Timão, só infiltrada nas arquibancadas dos times daqui do Paraná! Mas tenho ctza que é único… que vale a pena todo e qualquer esforço!

    E hoje começa, de verdade. O centenário começa a se tornar real.

    Vai Corinthians, sempre!

    • hahaha, que bom que consegui dizer o que eu queria Ana!
      Você é de onde do Paraná?! Porque se for da capital, ou mesmo se não for hahaha tá convidada a ir com a gente em algum jogo que vá ter. Confirmado só mesmo o da Arena, né… Corinthians e Atlético. Eu nunca consigo ingresso lá, passo horas e horas na fila, e aqnd abre, acaba tdo em meia hora. Mas esperança é a última q morre hahaha então vou tá lá d novo esse ano.

      De qq forma, tá convidada pra comemorar algum título hahahaha.
      E hoje começa :]

  2. eu só tenho uma coisa a dizer: fanatismo!

    uahauhauahauhauahuahauahauhauahauahua
    ai, Lê, eu não tenho muitos comentários a fazer sobre futebol… :/// sorry! :]

    :PPP

    • hahahaha Lú, já disse… é noção d brasilidade hahaha

      e na boa, fanatismo? Me apresenta um corinthiano fanático. Eu não conheço.
      Aliás, acabei d chegar do barzinho onde eu tva vendo o jogo hahaha

  3. Fabio Peixoto

    Oi,

    Eu só passei para ter notícias da legenda de Bones S05E12 e li que vocês não a fariam… aproveitei para deixar um comment agradecendo pelas anteriores.

    Só que aí resolvo conhecer a “gangue”. E descubro que são cinco. Três mulheres. DUAS corinthianas. E fanáticas! Uma mineira e outra mexicana!!!! Sensacional!

    Bom, agora virei fã mesmo, passarei sempre aqui. Escrevam mais!

    Bjs,
    Fabio Peixoto [Pexe - InSUBs]

  4. Fabio Peixoto

    Errr… Osasquense… esquece o mexicana, please (horário + sono + google rápido demais, rsrs).

    • hahahahahahaha o mexicana me fez rir hahahahahahaha
      mas mtooo obrigada, Fábio :]
      ficamos mto felizes com o comentário ;P

      e olha, aproveito pra agradecer tbm… o pessoal da InSUBs legenda minhas séries favoritas :D
      bjo corintiano!

    • haha, a parte do mexicana foi muito bom mesmo. to rindo sozinho aqui, euhuahuahua.
      na verdade, de nao corinthiano so tem eu, a lu é mas só pra dizer que tem time, hehuahuauha.
      meu time é pequeno, ta levando pau no catarinense (mesmo em casa) e ta na 3a divisao. haha, ok, torco pro criciuma do mesmo jeito. nao, nada comparado a le e gabi… haha.

      valeu por passar por aqui fabio e por conceder um ótimo apelido a nossa, agora, mexicana.
      abracao

  5. Ahahahahahahahahahahah eu sou obrigada a rir tbm ahahahahahahahahahahaha
    Agora vai pegar essa de mexicana, ne? Ahahahahahahaha
    Muito obrigada, fabio. Ai se vc nao fosse corinthiano… Ahahahahahahahah

    • Fabio Peixoto

      Ai, ai, mancada… eu tava procurando o perfil da galera no twitter (ainda não tinha visto os links na direita) pelo google, digitei Gabriela Mateos e apareceu um monte de mexicana… TÓIM! Cravei na hora sem nem ter lido direito :(

      Qualquer dia eu pago umas tequilas pra compensar :D

      Anyway, meus pêsames ao Tiago por não saber o que é essa emoção única, indescritível, inexplicável de ser corinthiano.

      [ ]‘s

      - – -
      PS: parabéns ao “Tiago Tigre” e à “Gabi Mexicana” pelas ÓTEMAS atuações em “A Lei da Atração”. Ri alto aqui :D

      • hahahaha, mas n se preocupa, Fabio.. a Gabi tem um espírito mexicano hahaha.. tem gente que até chama ela de Javiera!

        E viu nosso super filme? hahaha mandaram muito bem mesmo né? Só pra constar, aquele último tombo no banco foi real hahaha.

        E o ti eh qse corintiano.. mas ele acha q eh bonita ser do contra ¬¬

      • hauhauahuahu.
        valeu brother! gabi apavorou mesmo no filme! tanto que as pessoas chegam a pensar que atuei bem tbm… mas é só respingo do charme/seduçao/talento bebel da mexicana.

        alias, fabio, olhe que engraçado: a mexicana esta tentando visto para os estados unidos! heuhauhauhau. é melhor este apelido nao chegar ate o consulado, caso contrário é mais fácil ela atravessar a fronteira pelo deserto.

        grande abraço!

  6. Como esta chuva teima em continuar caindo sem tréguas, resolvi dar uma “passadinha” por aqui e rever meus “biscoitos preferidos”; mas a maior loucura é quem leva esses “loucos”, somente sendo muito corinthiano e com muito sofrimento na bagagem para fazer algo assim, mas é justamente esta bagagem e esses anos de sofrimento para ver o quanto compensa fazermos parte da nação corinthiana e podermos dizer “feliz ano do centenário, vai curinthiá, ver o time sendo rebaixado para a 2ª divisão e no mesmo instante colocar sua bandeira do timão no alpendre de sua casa e falar com todo o orgulhoso – que somente quem é conrinthiano sabe – MORRO POR TI CORINTHIANS – valeu a per ter te ensinado a torcer Lê, um beijo queridos amigos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.403 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: