House: do princípio ao fim da 6ª temporada

Este post pode conter spoilers.

Em clima de final de temporadas, é válido lembrar de House. Quando comecei a assistir à série, ela já estava em sua 3ª temporada, uma das melhores, por isso foi muito fácil gostar do jeito estranho e estúpido do médico Gregory House. Bem, mas logo voltei ao início da série para conhecer toda a história por trás de Cuddy, Wilson, Cameron, Chase e Foreman.

É um choque voltar à 1ª temporada depois de conhecer um House já bem lapidado da 3ª temporada. As mudanças são visíveis, fica evidente a maneira como os criadores pegaram o jeito do personagem, como ele cresceu nesse tempo. Aliás, não só o House, mas todas as relações entre os 6 protagonistas evoluíram, refletindo diálogos cada vez mais afiados.

É por isso que, ao chegarmos ao final da 3ª temporada – a primeira muito boa da série -, nos sentimos meio perdidos diante de uma mudança radical na história. Como é que vai ser daqui pra frente sem Chase, Cameron e Foreman? Foi um final de temporada de alto nível, surpreendente. Foi com surpresa, também, que assistimos ao ápice da série durante a 4ª temporada.

Os novos personagens conseguiram dar origem aos episódios mais criativos, hilários, irônicos e sarcásticos de toda a série. Não tenho medo de dizer que os melhores episódios de House são os da 4ª temporada, inclusive o season finale, em que vemos a morte de uma personagem numa trama tão emblemática que fica difícil imaginar as consequências que seriam sofridas na temporada seguinte.

E então, a série voltou e nos deixou preocupados. Porque a relação entre House e Wilson estava abalada, e os episódios não davam nenhuma perspectiva de quando essa grave situação se resolveria. Sim, porque grande parte do sucesso da série é devido à amizade entre esses personagens, coisa que estava em falta nesse início de temporada. Com o tempo, ela melhorou, os episódios tinham boas tramas, a velha ironia estava de volta. Tudo isso culminou num season finale altamente surpreendente: House larga o Vicodin e se interna, voluntariamente, em uma clínica psiquiátrica.

E esse foi o começo de uma nova mudança no personagem principal. Uma mudança que para nós, fãs, significou uma decadência do personagem. Onde estava aquele sarcasmo afiado? Aquela ironia ultrajante? Onde estava a estupidez e a grosseria de House? No fundo, sabemos que essa teria sido uma mudança positiva para qualquer ser humano real. Mas o humor da série foi seriamente prejudicado.

Episódio vai, episódio vem, até que conseguiram resgatar uma parte do sarcasmo e da má-educação de House. Mas longe de ser o auge, longe de ter episódios memoráveis e extraordinários. Talvez o melhor episódio desta temporada tenha sido Lockdown (ep. 17), dirigido pelo próprio Hugh Laurie. Não pela direção, mas pelo quê de drama e comédia que faltava à série.

Na 6ª temporada, vimos também o conflito do relacionamento entre House, Cuddy e Lucas, que deu a deixa para a grande surpresa do season finale. Wilson também tomou um rumo interessante, mas toda essa independência entre os antigos personagens provocou alguma mudança. Ora, se grande parte do sucesso da série se deve à relação infantil e perturbadora que há entre os três, o que acontece quando eles ficam independentes ou quando eles assumem essa condição?

Foi nesses termos que a 6ª temporada de House chegou ao fim. Um episódio que há muito não víamos, de grande produção e com uma história de qualidade. O que vai acontecer daqui pra frente é possível, a série tem a chance da fazer uma temporada extraordinária, como nos velhos tempos, mas é também o prenúncio do fim. Mais mudanças num personagem que já esteve tão bem lapidado seriam conduzir a série ao caminho do fracasso. É melhor chegar ao fim com dignidade.

Isso serve também para Grey’s Anatomy. E Lost, será que terá um final digno?

Posts relacionados:
A morte e seus amiguinhos: 6×23 e 6×24 Grey’s Anatomy

Publicado por Lu

About these ads

Sobre Luiza Rey

Publicitária, rio-pretense, não come coisas verdes, tem medo de ETs e insetos. Artista frustrada (como todo publicitário), seu sonho era ser cantora. Seu segundo sonho era ser escritora, por isso escreve para este blog e tuíta no @luizarey.

Publicado em 22/05/2010, em Séries e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 20 Comentários.

  1. Isso serve tbm para Bones, e como serve. Há quem diga q a sexta temporada vai ser a ultima pelo rumo q a história está tomando tbm. É esperar a 6ª temporada dessas séries para ver no que vai dar. Falando em Grey’s sinceramente… o que a Shonda tem na cabeça? ela leva a temporada inteira em banho maira e chega na SF faz um desastre daquele? pqp não aguento mais ver SF e morte trágica em G.A. Achei forçado e apelativo. #prontofalei.

    • Bom, Kaka.. eu gostei haha, até msm por isso: pq a temporada estava inteira em banho maria, e eu já não aguentava mais. Nos últimos eps melhorou, mas tva difícil… e eu só n reclamo pq ngm importante morreu hahahaha só os chatos, portanto, por mim.. tdo bem haha.
      Mas tá na hora de acabar. Deveriam fazer soh mais uma temporada.. mas duvido mto.

    • a Shonda é uma serial killer!! HAHAHAHA!!
      mas não sei não… eu parei de ver Private Practice pq tava virando palhaçada já… hj vi uma chamada a Sony… tá muito pior do que eu imaginava!! espero que a Shonda não resolva fazer de Grey’s uma palhaçada… EMBOOORA, ela tenha mesmo dito que está “trabalhando com a possibilidade de que a Ellen Pompeo saia”… mas não devia né? Grey’s Anatomy sem Meredith Grey???? Faça outra série!

  2. Eu gostei bastante desse final. Ficou surpreendente e muito bem feito. Mas acho que House tá acabando mesmo.

    E Lost não vai ter final. Se eles só vão responder mais uma pergunta, então não vai ter final meeesmo…haha… Mas tb, sei lá, já desisti de querer entender. Bom, hj o mundo inteiro descobre, e amanhã tá no blog…

  3. Gente… ADOREI o primeiro cartaz.
    ahahahaahaha
    geniaaaaal!

  4. eu adorei esse final de House! e tô gostando sim das mudanças no personagem, ruim seria se ele continuasse sempre do mesmo jeito, se ñ evoluisse… esse season finale foi muito bom, e o final do episódio? surpreendente. por essa eu ñ esperava mesmo, mas confesso q torcia demais pra que acontecesse e fiquei morta de feliz, afinal sou huddy shipper desde o piloto! podem me chamar de louca… hehehe
    agora vamos ver como esses dois vão se sair…
    acho q a série ñ dura muito, confesso que até me surpreendi com o final pq essa temporada tava meio chata, tanto que deixei acumular váários episódios, coisa que eu nunca fazia com house…

    Bones é outra que se continuar como tá vai acabar jajá… eu ñ queria q a sexta temporada fosse a ultima, mas pelo jeito vai ser… e odiei o season finale, mas continuo amando a série.

    • Ruti, eu ia postar sobre Bones.
      Achei mtooo interessante o q eles fizeram. Não que eu tenha gostado hahaha mas achei mto esperto, pq mandando cada um prum canto por um ano eles podem fazer QUALQUER COISA.
      Qualquer situação é possível qnd eles voltarem. Acho que isso pode dar um gás pra melhorar a série que se continuar assim realmente chega uma hora que cansa. Não vão haver mais casos interessantes e a tensão Booth/Brennan vai ser indiferente.
      É legal qnd existem casos ligando a temporada toda, como o coveiro, ou o esqueleto d prata lá.. agregam valores e isso é interessante. É o msm caso do Red John em Mentalist. Qnd ele ‘aparece’, é genial. Quando não aparece, a série fica razoável.

  5. : )

    Não acho que os episódios da 4° temperada sejam os melhores, mas com certeza o final da 4° temporada é o melhor!
    O fim da sexta temporada foi interessante. Eu sempre achei que ele fosse voltar para os opióides… Mas ele acabou com a Cuddy. Foi demais!
    Quero muito ver essa 7° temporada. Como será a relação deles? Será que de alguma forma Lisa conseguirá mudar o House?
    Espero que não…

    Enfim…
    Texto interessante! :)

    • eu acho que as melhores temporadas de House são a 3ª e a 4ª… a 3ª temporada é muito boa, como eu disse, é quando o personagem já está pronto, lapidado. Mas a 4ª temporada me surpreendeu demais, todos os episódios foram muito bons! Mas e claro, cada um tem seus episódios favoritos, né? :D

      obrigada pelo comentário, Lily! ;)

    • Eu tbm considero a quarta a melhor temporada. Me rachava de rir diariamente dos candidatos à equipe… mas é questão de gosto msm.
      Valeu, Lily :]

  6. eu nao li este post porque na minha mente eu ainda vou ver house de cabo a rabo na minha vida.

  7. Eu comecei a assistir house acho que na quinta temporada! Pelo jeito vale a pena assistir algumas temporadas anteriores…

    E CADE O POST SOBRE CHUCK?! hahaha

    Legal o blog de vocês :]

    Abraço,
    Lucas

    • uahauhauhauahau
      a Lê vai postar HOJE, Lucas!!!! uhauahauhahuauha

      então, vale a pena sim! a 3ª temporada é muito boa e a 4ª é excepcional! hahhahaha

      obrigada por comentar!! :D

  8. Ufa, finalmente. Assisti todos os eps de House em algumas semanas, e putz, SENSACIONAL.
    hahaha

    Ah, eu não quero acreditar que tá acabando. Mas pelo que vc falou, é o que parece mesmo…

    SPOILERS \/

    Quanto a sexta temporada, achei legal (mas com certeza não foi uma das melhores). “Lockdown” é mesmo muito muito muito bom, e os eps que focam no Wilson e na Cuddy também, por sair um pouco do formato tradicional da série.

    Eu não conseguiria escolher UM ep melhor. Mas tem alguns que marcaram bastante. O “Three Histories”, da primeira temp, que ele conta a história da perna dele, é demais. O final da segunda temporada também é sensacional. Os eps que o Foreman fica super doente e tal, e o final que o House alucina um ep completo hehe. A terceira, sem comentários, o Tritter é um fdp completo, legal ver um fdp contra o House (ele tá cercado de bonzinhos, incrível haha). O final da quarta, caraca, o que é aquilo? Demais! A quinta foi susse, e a sexta foi boa, pra mim. O primeiro ep, no hospital psiquiátrico, é muito legal. Dá pra ver que o House é um pouco humano, pelo menos hehe.

    Bem, é isso. 7ª temp começa dia 20 de setembro. Vamos esperar! :D
    haha

    Bjs.

    • ah então, é só a minha opinião, na verdade né… eu acho que se o House ficar “bonzinho” pq tah apaixonado é muita mudança, e ele já foi um personagem tão bem acabado! E é justamente essa grosseria do personagem que dá humor à série… sei lá… tem que acabar no topo, né? ahauhauha

  9. nossa eu quero saber como vai ser a 6 temporada e quem alis e o lucca,quero saber de tudo,e quero que a cuddy fica com o House ´que a ex dele não volte,ele ficou bonzinho? eu não sei mais ele ficou pior na medicina aquela arrogância toda salvava vidas muitas,ajudava além da conta aquela arrogância e la no fundo a cuddy no final gostava será que ela vai gostar mais do House assim? espero.

  1. Pingback: Os vampiros de Mystic Falls « Biscoitos Sortidos

  2. Pingback: Os 10 posts mais lidos do ano! « Biscoitos Sortidos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.403 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: