Poker, esporte da mente

Quando se fala em poker, no Brasil, tradicionalmente o que se pensa é a modalidade “five-card-draw”, o poker fechado, que o jogador recebe cinco cartas e blablabla. Aquele mesmo que supostamente leva as pessoas à ruína e as fazem apostar a casa, a esposa e os filhos. Nunca ouvi falar de nada parecido, mas a lenda é essa.

Porém, nos últimos anos, essa impressão está mudando. Drasticamente, eu diria. Fundada em janeiro de 2009, a Confederação Brasileira de Texas Hold’em (a modalidade mais praticada atualmente, no país e no mundo) vem realizando um trabalho concreto na profissionalização do esporte no país. E é exatamente essa denominação que o poker recebe: esporte. Em abril de 2010 a IMSA (International Mind Sports Association) reconheceu o poker como “esporte da mente”, mesmo estatuto do xadrez, por exemplo. Dessa forma, ele será disputado nas Olímpiadas de esportes da mente, realizadas na mesma cidade sede da Olímpiada tradicional e tudo mais.

A grande questão envolve a legalidade do poker no país. Como todo mundo sabe, jogos de azar são proibidos constitucionalmente no Brasil. Você não vê cassinos ao lado dos shoppings em Curitiba. A resposta é que, comprovado por estudos e laudos técnico-jurídicos, o poker não é um “jogo de azar”.

A Revista Flop desse bimestre traz em sua reportagem de capa um detalhado relato sobre o avanço e análise do jogo de poker no Brasil. Com base em inúmeros estudos nacionais e internacionais, acompanhados da opinião de juristas do país – como o ex-ministro da Justiça, Miguel Reale Junior, torna-se evidente que o poker, em todas as suas modalidades, é um esporte que tem como habilidade seu principal fator de sucesso. A habilidade no poker se estende por leitura dos oponentes, cálculos matemáticos, capacidade de blefar e realizar decisões corretas sob pressão, entre outros aspectos sublinhados na reportagem.

A Revista Flop disponibiliza toda a edição na Internet: clique aqui para acessá-la.

O Full Tilt Team reúne muitos dos melhores jogadores de poker do mundo. Ah, eu também jogo por lá hehe.

Sou um grande fã do esporte e torço para que o preconceito em relação a ele no país seja dissolvido pela informação e pelo reconhecimento. “Eu vou All in“.

Links relacionados:

Full Tilt Poker.net (acesse, inscreva-se e jogue – você vai gostar)

CardPlayerBrasil

SuperPoker

About these ads

Publicado em 09/08/2010, em Atualidades, Esportes e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 7 Comentários.

  1. “I wanna hold’em like they do in Texas plays….” uhauahuahau
    tiiinha que cantar!

    eu tenho uma dúvida… o poker não é um jogo de azar desde que não se aposte dinheiro, né????????? O.O

    já tentei jogar algumas vezes, mas eu não consigo lembrar as regras! uhuahauahau

    muito bom o post!

    • Resposta: não. O poker não é um jogo de azar. Ponto. Final. hehehe

      Até porque, Lu, ninguém joga poker sem valer dinheiro. Ou joga? hehe

      A questão principal é a seguinte: o fator “sorte” existe sim no poker. Assim como existe no futebol, por exemplo. Ou o “morrinho” que faz a bola quicar mais alto e entrar no gol não é sorte? Assim como existe no tênis: a bolinha bater na fita da rede e cair direto e levemente na quadra do adversário não é sorte?

      O que eu quero dizer é que basicamente todos os esportes contam com o fator “sorte”. Mas, em todos eles, INCLUSIVE O POKER, o fator “habilidade” é muito mais importante, define resultados e tudo mais.

      É só ver a foto ali, no post: Chris Fergunson, Howard Lederer, Phil Ivey e Jennifer Harman são profissionais do poker e dos melhores do mundo, além de compor o pro team de um dos maiores sites de poker da web. Tenho certeza absoluta que eles não são meramente “sortudos”. hehe

      Se o pessoal se interessar posso postar outro dia sobre regras, modalidades e tudo mais… curto muito! hehe

      Beijos! :)

      • tá, entendi! uahauhauhauhahuauahauhau (eu já joguei poker sem valer nada, pra tentar aprender!) auhauhauhauahau
        posta siiiiiiiiim! posta tudo o q vc tiver na cabeça, sobota! uhauahauhaua estamos precisando de pauta! hahaha

        olha, só faltou mesmo a foto da lady gaga! auhauhauahau

        http://bit.ly/b1zpGN

  2. Ai, gente… eu sempre quis saber jogar poker. Na verdade, truco já tava bom pra mim, mas eu nunca passei do rouba montes. HAHUAHUHUAHUAHUA

    Olha, quem se interessa pelo assunto, tem o site desse cara aqui, que é um fenômeno do poker http://www.alexandregomes.com.br/faq.aspx

    Boa, Gui! :)

  3. Boa, luuuu!
    po-po-po-po-po-po-poker faceeeeee
    AAUHAUAHUHAHUAUHAUHAHUHUAUHA

  4. eu tinha pedidos jogos para jogar nao essa merda ai

  5. O Deputado Rubens Bueno, do PPS-PR, (Twitter: @RubensBuenoPPS) entrou neste dia 17 de agosto com uma Emenda para o projeto. Assim, uma nova excessão aparece no Art. 1º do PL, excluindo jogos onde a habilidade é o fator preponderante para o resultado final, nisso cita-se o xadrez, gamão e também o poker. Confira na íntegra:

    “Art. 1º – Fica vedada a exploração de quaisquer modalidades de jogos de azar por meio de transmissão de dados, inclusive pela rede mundial de computadores, dentro do território nacional, inclusive no mar territorial brasileiro e no espaço aéreo nacional.

    Parágrafo único. Excetuam-se da proibição estabelecida no caput:

    I – As loterias federais exploradas pela União e as estaduais devidamente autorizadas por Lei;

    II – Os jogos de habilidade, tais como xadrez, gamão e pôquer na modalidade torneio.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.403 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: