Política apartidária

Nesse FDS, o futuro político dos próximos 4 anos será traçado. Por isso, um post especial. Sobre o que eu espero de política futura no nosso país.

Primeiro, alguns esclarecimentos. Eu não sou PSDB, não sou Dilma, não sou PT e nem sou Serra. Não me interesso por receber correntes a favor de um ou de outro. Não acredito em tudo que eu leio ou ouço. E se só cito esses dois partidos, é porque a impressão que dá é que no país só existem esses dois partidos, representantes de “direita” e “esquerda”. Não entrarei nesses méritos de que esquerda é quem se opõe ao governo atual. Até porque, uma lição da nossa breve história continua valendo: No Brasil, nada tão conservador quanto um liberal no poder, e vice-versa.

Minha forma de governo ideal é a Anarquia. Se você acha que eu curto sair pichando aquele A “estilizado” dentro de um círculo, procure conhecer melhor. Acho o Socialismo bonito e utópico; perfeito em sua teoria, impossível na prática. Não defendo nada a não ser minha ideologia. Eu acho que a solução pra todos os problemas brasileiros tem base na educação.

E acho que enquanto não começarem a arrumar isso – que só vai render frutos daqui muito tempo – nada mais será consertado. (E, convenhamos… nenhum político que ver seu trabalho gerar aspectos positivos daqui 30 40, 50 ou 100 anos. Não é no seu mandato. Se pá, não vai nem estar vivo pra ver!)

Acredito que os principais problemas brasileiros podem até ser amenizados, a partir de medidas paliativas, mas isso não os fará sumir. Precisamos sim do assistencialismo na conjuntura atual, mas precisamos que essas pessoas tenham chances de construírem oportunidades para si. E pra isso, só a educação. Por acreditar nisso, votei no Cristovam Buarque nas eleições passadas.

Às vezes, tenho a impressão de que político bom não vai pra frente no Brasil. E isso faz com que eu perca o interesse cada vez mais por esse contexto. Eu sou, basicamente, aquele “alienado político” xingado de ignorante porque se mantém – por opção – fora dos acontecimentos políticos do país. Mas, hoje, me arrisco a falar um pouquinho sobre política. Melhor, sobre o futuro da política.

Por que eu acho que #marina43 é a política da futuro

A Veja  de um tempo atrás (sim, eu comprei a Veja pela capa [branca]..!) dizia que se a Marina tivesse pelo menos 15% nas urnas seria candidata certa pra 2014. Ela teve quase 20. O que, em teoria, a coloca como candidata-com-certeza pras próximas eleições. E eu concordo. Não sei se, daqui 4 anos, ela já estará forte e madura o suficiente pra ser nossa presidente, mas que vai dar trabalho, vai.

Não importa se nesse mandato tivermos PSDB ou PT, eu coloco minha mão no fogo se os gritos por mudança não forem altos. Porque se a Dilma vence, a dita direita anuncia que temos uma ditadura já há 12 anos no poder (e lança Aécio Neves). E se dá Serra, o Lulão volta com tudo. Logo, nossa próxima eleição tem tudo pra ser mais quente.

Mas falemos da Marina que é o motivo do meu post. Eu acredito, de fato, que políticos como ela (raros, é verdade) irão constituir o comando brasileiro dentro de um tempo. Pode demorar, como toda mudança importante, mas vai acontecer. Por que eu acredito nisso? Bom, primeiro porque eu sou otimista. Segundo, porque ela é mulher e mulheres são mais inteligentes está na moda na política. Terceiro, porque esse é o caminho natural.

Os 20% do eleitorado da Marina é constituído quase inteiramente por jovens. Porque as propostas dela tocam mais os jovens e têm mais a ver com eles. E se a geração dos nossos pais lutou pela Democracia, nós lutaremos contra a corrupção. Essa será a bandeira da nossa militância política: contra a corrupção e a favor da sustentabilidade.

Marina Silva, do PV, tem 52 anos. Relativamente nova para a política. Uma adolescente se a comparamos ao colega Plínio Arruda, PSOL, 80. Ainda tem muito a aprender e se aperfeiçoar. Pode melhorar suas propostas e seus planos de governo. Pode adotar um estilo que agrade mais aos olhos, já que a mulherada implora por isso. Não é a aparência dela que define sua competência, mas é importante e inspira confiança para aqueles que compram o político pelo penteado (#CollorFeelings).

Considerando a freqüência do #marina43 nos TT, podemos facilmente ver que a juventude tem um candidato específico. Alguém que, a princípio, mostre um pouco das mudanças que desejamos ver aplicadas no poder. Se cada um tem o governante que merece – e isso é a mais pura verdade – talvez tenhamos um presidente assim dentro de algum tempo. Afinal, os jovens atuais serão o governo, os candidatos e os eleitores de breve.

Já obtivemos progresso com a Lei Ficha Limpa. Já nos revoltamos com a corrupção. Já conseguimos aproximadamente 20 milhões de votos para um candidato que defende a ética, a honestidade e a sustentabilidade. Então, por que não? Até porque, quem tuita hoje, governa amanhã. Ok, apelei. Mas quem tuita hoje, com certeza vota amanhã.

***

E pra quem sair vitorioso nesse domingo, um bom governo. É só o que podemos esperar. Que dentro de 4 anos, não seja tão corriqueiro atacarmos nossos políticos por corrupção e afins. Mas, como eu disse, eu sou uma otimista.

Publicado por: Lê Scalia

About these ads

Sobre Lê Scalia

Mineira, corinthiana e publicitária. Apaixonada por cinema, também adora viajar: pelo mundo, por um livro ou pela vida. Às vezes irônica, sempre intolerante: a ignorância, falta de respeito e lactose. Pra mais @LeScalia.

Publicado em 29/10/2010, em Política e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 36 Comentários.

  1. Le, sou obrigado a discordar hehe.

    Não é possível prever o que vai acontecer nas próximas eleições – estas nem acabaram ainda (mas deveriam). Mas, pela atual conjuntura (que pode mudar), Marina seria candidata em 2014.

    Quanto a sua personalidade, não sou capaz de julgar. Conheço-a apenas pelo perfil publicado na revista piauí, e o que pareceu é que a personalidade dela é meio cheia de frufru: não come uma pá de coisa, é alérgica a outra pá, e nos últimos anos seu ciclo social tem convergido com o da “high-society” carioca. Várias cenas do perfil mostram-na em eventos sociais – muitos deles, é verdade, com forte apontamento à questão ambiental. Porém, eventos sociais. Chiques, caros, ricos. Sem pobres circulando.

    Mas tudo bem, quanto a isso posso estar errado. Ela pode ter uma personalidade forte, com ideais consistentes e tudo mais. Pode, mas não sei.

    O problema real é a sua conjuntura política. O Partido Verde, no Brasil, é qualquer coisa, menos verde. Só olhe para o vice da Marina, o Guilherme Leal. Ele é presidente da Natura, multimilionário. A empresa é acusada de biopirataria e acumula multas de mais de R$1,5 bilhão na Receita Federal. Bem, pelo que se vê por aí, é um pouco difícil alguém ser bilionário e respeitar, como pregava na campanha, o meio ambiente acima das outras coisas.

    Quanto a questão da honestidade pregada, bem, todo mundo prega isso. Ou alguém já ouviu algum político falar que mete a mão no jarro mesmo? A questão é analisar os fatos.

    O que circula por aí é que, dentre os três principais candidatos à Presidência no ano, Marina Silva foi quem fez a campanha mais cara. Para citar um exemplo, é só dar uma olhada no “aviãozinho” que ela voava por aí. No início da campanha, ela voava com um Legacy da Natura. Já em setembro ela usava um luxuosíssimo Falcon, que custava mais de 50 milhões de doláres. Por que ela pregava um discurso de vida simples e sustentável se voava num avião com bar, escritório, cama de casal, navegação por satélite e comissária de bordo? (http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2198)

    Quanto ao tuíter, eu também discordo. No twitter estão os 5% que desaprovam o governo Lula. Do mesmo jeito, as tags do PT sempre estão nos TTs do Brasil. O eleitorado do tuíter não representa a realidade.

    Eu acredito que o Brasil está no caminho certo. Se não está, eu acredito piamente que Marina Silva e o seu PV não podem fazer parte dele.

  2. Sobota, no meu ponto de vista, sua análise é muito míope e tendenciosa. Você defende a Dilma, e foi buscar, muito lá no fundo, coisas para falar mal da Marina. Ela não é perfeita, assim como a Dilma ou o Serra. Por isso, o dia que você fizer a mesma coisa com a Dilma, eu aceito seus comentários. Não me leve a mal…

    • A Marina não é perfeita mesmo e eu nem disse que é. Mas pessoalmente (e, repito, isso é uma opinião MINHA) acho que ela é mais parecida com os valores que eu espero de um político.
      Como ética ou honestidade.

    • Fui lá no fundo porque analisar a Marina superficialmente é um convite a mentira.

      Ela aparece toda bonitinha na TV, com o seu discursozinho de “sustentabilidade” é o mais importante e blablabla.

      Miopia, para mim, é acreditar nela, acreditar que ela é uma terceira opção viável, porque, afinal de contas, ela não é.

      Faço sim “campanha” pra Dilma. Não é por isso que sou míope. hehe

      • É míope pois não avalia todos os candidatos com o mesmo peso. É míope pois, se a Dilma defendesse as mesmas idéias mas fosse de outro partido, vc votaria nela?

        Enfim, é míope pois só enxerga o que quer. Apresenta pesos diferentes e medidas diferentes em um discurso fraco, cheio de mesquinharias típicas de pessoas que acham que são abertas a discussão quando, na verdade, estão abertos a discussão do quão errado estão os outros.

        E não falo mais de política. Isso só atrapalha amigos… Prefiro discutir trivialidades..

  3. Aliás, Sobs, eu tbm não como um monte de coisas e tbm tenho alergia a uma pá d outras.
    Ainda assim sou uma boa pessoa HAHAHA.

  4. Sobota, muito cuidado. Discordar tudo bem, mas dizer que vc está certo e as outras pessoas estão erradas é estranho né? São só opiniões…

    A culpa é da Marina se o vice dela é rico? Aliás, ele foi o único dos candidatos que foi honesto na declaração de bens… hahaha

  5. Eu analisei aqui a Marina porque, ora bolas, o conteúdo do post é sobre a Marina. Se fosse sobre Dilma, analisaria Dilma.

    Voto em Dilma, afinal de contas, porque ela está no partido que eu acho correto. Se tivesse em outro partido, claro que não votaria nela. É óbvio.

  6. Excelente post.

  7. O Avião que a Marina utiliza é de seu vice e bilionário sócio da Natura, nem todo bilionário é ladrão, nem todo bilionário é bandido. O trabalho sustentável da Natura na Amazônia é fantástico. A Marina vem de origem humilde lutou ao lado de Chico Mendes. Não serei eu que moro em bairro nobre de Curitiba e dirijo um carro do ano, ficar aqui julgando em que festa ela vai ou deixa de ir. Falar de alguém que passou fome, dormindo em caminha ‘Box’ é fácil.

    • É que, no Brasil, ter dinheiro é maldição. Ainda mais se você for honesto, pq aí vc ainda deve sentir culpa…

      Mas essa frase do Mark Twain fala tudo: “I am opposed to millionaires, but it would be dangerous to offer me the position.”

    • Guilherme Sobota

      E quem é você para ofender alguém? E porque o medo de se identificar?

      Partir pra ofensa pessoal é falta de intelecto, dizem por aí.

    • Concordo, Léo. Nem todo bilionário é ladrão. O que seria ótimo, aliás, pra política né? Porque um bilionário não precisa de mais uns ‘trocos’.
      E a imagem que eu tenho da Natura é ótima, sempre ouvi falar bem dos seus projetos. :)

  8. Domingo: ( ) Serra ( ) Dilma (X) Praia

  9. Mas na política bom mesmo é saber o que quer, não é?
    http://migre.me/1A5Mm

  10. Ops, vou citar o comentário ” Não serei EU que moro em bairro nobre de Curitiba e dirijo um carro do ano, ficar aqui julgando em que festa ela vai ou deixa de ir.” não sei se você percebeu mas estava falando de mim, se a carapuça serviu me desculpe, não sei se percebeu também que meu nome e meu email estão no cadastro, mas se quiser tirar alguma satisfação, então lá vai. Leonardo Firmo, trabalho na Oc Design das 09h30 às 19h00. Não te ofendi muito menos tenho medo de você. Não sou macho de internet, sou homem, e assumo o que falo.

  11. AINDA BEM que a eleição acaba amanhã. Algumas das razões pelas quais política me enche.

  12. Levantar a bandeira da sustentabilidade como a Marina fez, na minha opinião, foi o que conquistou os 20 pontos percentuais dela no primeiro turno. Principalmente porque é politicamente incorreto você se declarar contra a sustentabilidade. Quem vai condenar uma pessoa que dedica a vida a defender tudo o que é verde? Ninguém. Porque, como a Lê disse em uma das partes do post, essa preocupação com a sustentabilidade é natural para a sociedade como um todo. É tendência. A gente abusou dos recursos naturais e tá cada vez mais foda. Alguém tem que começar a cuidar deles.

    A Natura veste bem essa camisa. Mas, como o Gui disse, grande parte do trabalho da Natura, infelizmente, é só camisa. Mas são iniciativas louváveis, com certeza absoluta. Temos que começar de algum lugar. Tudo o que envolve a defesa do meio ambiente é mais que bonito… É irrepreensível. O que torna complicado qualquer movimento contrário a esse discurso.

    Eu não vou dizer nada a respeito do Vice da Marina, porque eu já crucifiquei críticas como estas, e muito, quando elas vieram ao meu partido, o PT. O cara fez um bom trabalho, e ganhou por isso. Aviões não são políticamente corretos? Não. Mas o cara, e a Marina, têm que andar pra lá e pra cá de algum jeito. Eles, e o PV, têm propostas, mas ainda não tem todos os recursos necessários para agir de acordo com todas as propostas. Normal.
    Quanto aos eventos sociais… Ela precisa de apoio de quem tem grana. Outra coisa normal na política. E, como eu disse, nenhum ricásso o mínimo consciente vai se dizer contra projetos sustentáveis. E, mais, nenhum deles vai desperdiçar a chance de aparecer bonito na foto apoiando projetos como estes. Dá um ar de consciência, política, ambiental e social.

    O que eu achei uma pena, e aí eu discordo do que a Lê disse no post, foi o eleitorado da Marina. Legal os jovens que votaram nela, com opinião e com certeza disso. Mas eles não foram a maior partes daqueles 20 pontos percentuais. A grande parte do eleitorado dela foram pessoas em cima do muro, que adiaram tomar uma decisão, apoiando aquilo que era mais “certo” no primeiro turno. Porque, como eu disse, é difícil – dá trabalho juntar argumentos – se declarar contra. Ela, infelizmente, foi o “em cima do muro”, mais que o PSDB, no primeiro turno destas eleições. Pela pessoa que ela é, pelas intenções, puras, que eu acredito que ela tenha, eu achei uma pena. Ela merecia um eleitorado mais consciente de tudo o que ela podia oferecer. Ela merecia mais que a maioria de um eleitorado feitos de pessoas “em cima do muro”, na minha opinião.

    O que a gente – como eleitores conscientes que entendem as dinâmicas da política -, e as pessoas que apoiam o PV, temos que nos preparar é para ver o PV crescer. Como a Lê bem disse, isso é uma tendência. E uma galera vai querer pegar onda nessa tendência. E quando um partido cresce… Vem de tudo. Já vimos isso acontecer com o PT. O que eu espero, mesmo, é que a Marina seja para o PV o que o Lula é para o PT. Que ela mantenha a identidade do partido. Que ela continue provocando reflexões, nos políticos e nos candidatos. Porque, cada vez mais, quem quiser ganhar, vai ter que ter propostas no mínimo louváveis para o meio ambiente. E isso, ao meu ver, já é um mérito da Marina.

  13. Gente, na boa… Esses comentários todos representam EXATAMENTE o que vem me cansando há meses! Na política, não existe opinião CERTA e nem ERRADA, existe a opinião que você acredita e julga ser a melhor pra VOCÊ!!! Mas é impressionante o TANTO de gente que se acha o dono da verdade… Não, não estou direcionando esse comentário pra NINGUÉM especificamente, é mais um desabafo pessoal mesmo de quem NÃO AGÜENTA MAIS tudo isso…

  14. Meu irmão mandou eu vir aqui e concordar com ele. hahahaha brincadeira (ou não haha). Eu acho que dar a opinião a respeito de um candidato é um direito e deve ser respeitado. Agora, impor o que você considera certo e julgar alguém por quem ela apóia é ridículo. Política, futebol e religião não se discutem. E aliás, só gente muito ignorante é influenciada por uma mera opinião.
    Pra mim, a base de tudo é a educação e acho que a Marina era a candidata que realmente ia investir nisso. Ficar dando Bolsa Família para as pessoas em vez de educação e emprego, só as acomoda.
    Mas, em todo caso, eu só agradeço por ainda não ter 18 anos e não ser obrigada a participar de uma eleição em que ou uma incompetente ou um incompetente será presidente. Só lamento.
    Enfim, essa é minha opinião e não significa nem muda nada.
    Obs.: eu gostei bastante do seu post, Lê. :) beijo

    • Naniiiiii! Muito obrigada por deixar seu comentário aqui!!! hehehehehe
      Sua opinião é muito madura, Nani e concordo bastante com ela!
      É importante sim (e um direito, como vc disse) expressar nossas opiniões, e todo mundo tem esse direito, por isso devemos manter o respeito. A partir do momento que julgamos as opiniões alheias como erradas, estamos tirando o direito de alguém e, consequentemente, desmoralizando a nossa própria opinião… não é?
      Por isso, viva Voltaire!

      “Não concordo com uma palavra do que dizes, mas defenderei até o ultimo instante seu direito de dizê-la.” \o/

  15. Não Gabi, era só para aumentar a audiência do Blog haha(que diga-se de passagem aqui na agência é altíssima), mas não deu certo, o globo.com não noticiou nada. Sacoooo… hahahahahaha. Parabéns a todos os envolvidos.

  16. Lê, eu vou fazer o favor de corrigir uma série de erros que você fez. Espero que não se importe.
    1º) A anarquia nunca foi forma de governo. Pelo contrário, é a ausência do mesmo. Sugiro que estude melhor o negócio, pois, além de ser um “sistema” absurdo, é meio delinqüente. Não é e nunca foi o ideal, tanto é que jamais chegou a ser implantado mesmo nos países mais “evoluídos”.

    2º) O Cristovam Buarque não sabe nem a diferença entre esquerda e direita. Ele diz que o PT é de centro. Ou ele mente descaradamente ou é muito burro, motivos que me fizeram ver a falta de inteligência no senhor em questão e desprezá-lo. Sugiro que estude melhor as idéias dele, que superficialmente parecem boas, mas no fim, após um longo estudo, demonstram-se brincadeira de criança e papo furado.

    3º) Você afirma que o PT e o PSDB representam a direita e a esquerda. Isso é uma mentira gravíssima. Ambos são de esquerda: o PT é a extrema-esquerda e o PSDB uma esquerda moderada. O PT é o socialismo tosco que ressurgiu com força total no Brasil, cheio de adeptos comunistas loucos. Veja que TODOS os comunistas velhos desse País estão votando no PT. Isso não é coincidência.

    4º) Você afirma ser um “alienado político”, o que, com grandes pêsames, eu sinto lhe dizer que, nessa parte, você acertou.

    5º) O plano para a Natureza e a sustentabilidade do PT (apesar de absurdo) é melhor que o da Marina Silva, mas como ela só falar nisso as pessoas acreditam que o dela é verdadeiramente bom. Veja só como os políticos conseguem enganar as pessoas…

    Última observação: o seu texto ainda tem uma quantidade enorme de erros de lógica e erros básicos de informação política. Não vou corrigir todos. Se quiser aceitar as minhas críticas você estará a um passo de melhorar intelectualmente. Caso contrário, é só fingir que eu estou errado, apresentar um monte de argumentos falhos e me xingar muito. Espero ter melhorado esse debate levemente.

    • Querido amigo, de tudo que você falou, com tamanha propriedade, eu apenas gostaria de dizer que eu SEI que Anarquia é a ausência do Governo. No entanto, isso não leva necessariamente à delinquência. Mas talvez eu esteja errada nisso também, afinal, errei quanto ao resto todo, certo? Deve ser porque eu espero o melhor das pessoas.
      Mas queria agradecer muito por ter conseguido, com suas sábias palavras, melhorar meu nível intelectual.
      Já me sinto mais inteligente.
      Obrigada.

  1. Pingback: Polêmica no blog: Marina Silva, Anarquismo, PT, PSDB e etc. « Biscoitos Sortidos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.403 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: