Músicas americanas cantadas em português

O Tiago já falou sobre a chupada que nos deu o reggaeton e sobre as várias versões acappella da Lady Gaga. Agora, eu vou falar sobre algumas versões brasileiras de músicas em inglês.

Já tivemos alguns clássicos bregacionados por cantores brasileiros, como na época (velhos tempos…) de Titanic, em que todo mundo gravava uma versão tupiniquimamente trash de My Heart Will Go On. Em 2010, muita gente se dedicou a chocar mais que Lady Gaga com as letras adaptadas de Alejandro. Foi um verdadeiro festival de quem-consegue-estragar-mais-uma-música.

A última a poluir nossos ouvidos foi Claúdia Leite, com uma versão meio que traduzida de Billionaire (Travie McCoy feat. Bruno Mars). Mas veja você que ela teve a sanidade mental de manter os trechos do rapper originais. Porque, sei lá né, tudo pode piorar!

Daí eu resolvi relembrar alguns ‘sucessos’ dessa categoria. A coisa vai longe viu. Mas vou deixá-los aqui com Zezé di Camargo e Luciano em Sufocado, versão de Drowning (Backstreet Boys),  KLB (hein?) em Um Anjo (Angels, Robbie Williams), Aviões do Forró (Umbrella, Rihanna) e claro, os reis das traduções Sandy & Junior em Em Cada Sonho (Truly, Madly, Deeply, Savage Garden).

Sabe, eu sou apaixonada pela Língua Portuguesa! Mas essas coisas que fazem por aí estragam duas grandes coisas: a poesia da Língua Portuguesa e a graça da música americana. :/

E, só por curiosidade, veja também a versão de I’m Yours (Jason Mraz) por Tomate (acho que até gostei dessa) e a versão heavy metal (em inglês mesmo) de adivinha? Alejandro!

Posts relacionados:
A chupada que nos deu o reggaeton

About these ads

Sobre Luiza Rey

Publicitária, rio-pretense, não come coisas verdes, tem medo de ETs e insetos. Artista frustrada (como todo publicitário), seu sonho era ser cantora. Seu segundo sonho era ser escritora, por isso escreve para este blog e tuíta no @luizarey.

Publicado em 05/01/2011, em Música e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 14 Comentários.

  1. ri LITROS do ‘sentar no sofá do Jô’
    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHHAHA

    Jô>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Oprah, claro HAHAHAHAHA

    Mas ow, a parte do ‘sempre q eu vou me deitar, vejo o meu nome brilhar’ ficou semelhante hahaha

  2. Gente, é mto boa. Fica cada vez melhor.
    “Quero um selinho da Hebe Camargo” HAHAHAHAHAHA

  3. Meu, como esquecemos de SE A GENTE SE ENTENDER, versão herbert richards de LINGER? Hahahahahahaha

  4. Corinthianomtv

    meu caro colega se vc gostou da versao do tomate, é prq vc gosta de axé e se vc gosta de axe, sua opinião pra mim não vale absolutamente nothing… mas devo concordar que quase todas as musica inglesas cantada em portugues ficam uma merd.mesmo

    cheguei aqui procurando pr cathedral song em dueto de renato russo e zelia ducan… não sei como o google foi me jogar aqui…estou precisando seriamente de usar outro site de busca….

    • Meu caro colega, se você comentou isso é porque mal leu o que foi escrito aqui e não pegou o sentido do post. E se você mal sabe entender a pretensão das coisas, “sua opinião pra mim não vale absolutamente nothing”.

      Um abraço e utilize o ‘cadê’.

    • Desculpe, não quis ofender seu gosto musical. OH WAIT! Eu não me importo nenhum pouco com seu gosto musical!

    • Abraços.

      E se quiser o Renato Russo com a Duncan, no Youtube tem o original também !

  5. Adaptações musicais são bem vindas quando se respeitam alguns critérios. Venho de uma família de músicos ( apesar de não ser um) e sou um dos que gostam de fazer tais traduções/adaptações. O primeiro critério a ser respeitado, acredito ser a mensagem que a música passa ( coisa que pouco se vê). Não se deve mudar o sentido da mensagem, pois a música perde a sua alma! O segundo critério, é a tradução em si, que se liga ao primeiro. Neste momento, esbarramos no problema que são as traduções “ao pé da letra”. Não se consegue cantar uma música internacional traduzida “ao pé da letra”! O tempo das frases, refrões e até mesmo a dicção não se harmonizam ao original! É aí que entra o terceiro critério ( que se liga ao segundo!rs), que é a soma da tradução, mais a concordância verbal, mais o tempo da frase da música, devendo respeitar tal como pronunciada em sua língua original. O que lher ferem os ouvidos, são adaptações que fogem à mensagem original, somado à tradução muitas vezes distorcidíssima, mais a pronúncia ridícula de palavras da nossa língua, para assim, se aproximar da mesma sonoridade que a original, em língua extrangeira. ( E que me desculpem os amantes da música sertaneja, mas neste gênero musical, pronúncias erradas acontecem aos bocados!)
    Tudo bem! Sou suspeito…Pois disse no começo que gosto de adaptações. Mesmo por que, ainda se vê nas músicas internacionais e em vários gêneros, letras com conteúdo, mensagens lindas, desde o “básico” amor, passando pelo positivismo e até a alto ajuda. Coisa que a gente via muito aqui no passado, com a galera da MPB e no nosso Rock Nacional dos anos 80 e metade dos 90. E hoje em dia, o que se vê no cenário musical brasileiro?? Cara de um, foçinho de outro, mesmice pura, falta de inspiração, arranjo musical pobre e apelação pela vulgaridade. Estão “ejaculando” em nossos ouvidos!!KKKK
    E pode somar aí as adaptações mal feitas, tb!rs
    Resumindo, são músicas que servem pra gente balançar o bumbum, de porre, na balada. E que três meses depois, nêm quem rebolou até os tubos, aguênta mais ouví-las!kkkk
    Mas isso já é oooooutra conversa.rs
    É isso aí, me desculpem os que não viveram o que aqui lembrei.
    Grande abraço à todos.

    • Obrigada pelo comentário, Alessandro! (Publiquei o comentário certo? hehehe)
      Vc falou uma coisa sobre as músicas sertanejas, que tem muita pronúncia errada… e nem precisa ser adaptação né hahahahaha eles sempre mudam a sílaba tônica de alguma palavra! auhauahaua :P

      • Puxa! Eu quem agradeço a oportunidade de me expressar aqui em seu blog! Estou muito honrado! E vc teve uma precisão cirúrgica em sua observação! Grande beijo e mais uma vez, obrigado!!rs

  6. quem foi o interprete da musica don´t cry do guns rose??

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.403 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: