Breve história de como os gatos dominaram a Internet (com gifs animados)

É fato: gatos passam os dias conspirando contra a humanidade em tentativas frustradas de dominar o mundo. Foi com esse objetivo que os felinos da Antiguidade espalharam a crença de que a espécime conhecida como gato preto seria um perigoso e fatal sinal de azar. O então imperador Catus Felixis ratificou a crença popular forjando uma parceria com grupos de bruxas que se espalhavam pela Europa. Os gatos pretos passaram então a fazer parte de temíveis rituais de magia negra praticados por todo o continente. Com sua imagem associada à bruxaria, os gatos logo conquistaram um lugar de destaque nas mentes supersticiosas do povo, sendo incorporados também em festividades como o Dia das Bruxas e Sexta-Feira 13.

Mas os tempos mudaram. O Iluminismo esclareceu a mente das pessoas e, com a chegada da modernidade, os gatos perderam grande parte de seu crédito, angariando cada vez menos crentes e sendo vistos como meros animais de estimação. Foi então que, com a Revolução Felina de 1977, a longa linhagem da Espécie Real perdeu o controle sobre a gestão da imagem de marca dos gatos. O grupo de revolucionários criou então um departamento especialmente preparado para reposicionar a imagem da espécie: um grupo formado por profissionais de marketing. Com isso, uma nova era felina teve início.

Os marcateiros, como ficaram conhecidos, aproveitaram o advento da Internet e das Mídias Sociais para construir uma nova imagem de sua própria espécie. Imagens incrivelmente fofas e meigas de gatinhos aparentemente inofensivos se espalharam pela web de maneira viral e sem precedentes. Hoje, a hegemonia felina está consolidada na rede, ainda que muitas pessoas insistam em acreditar na inocência dos gatos.

Por isso escrevo nesta sexta-feira 13 de abril. Para conscientizar a todos sobre a tentativa de dominação mundial, conspirada entre felinos de todo o mundo. Ao compartilhar imagens supostamente inofensivas de gatos, como as exemplificadas abaixo, lembre-se de que elas podem não ser tão inofensivas assim.

About these ads

Sobre Luiza Rey

Publicitária, rio-pretense, não come coisas verdes, tem medo de ETs e insetos. Artista frustrada (como todo publicitário), seu sonho era ser cantora. Seu segundo sonho era ser escritora, por isso escreve para este blog e tuíta no @luizarey.

Publicado em 13/04/2012, em Inutilidade, Social Media, Virais e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Ai Luiza, morri com aquele gato bebendo água da torneira! huaauuhhuauhahuahuauha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.403 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: