Jingle político e direitos autorais

Ah, a política..!

Fora julgamento de mensalões, acusações e horário político, se tem uma coisa nas eleições que volta e meia realmente me diverte são os jingles. É um melhor que o outro. E em terra de política, quem tem jingle bom é eleito! Mentira, nem precisa ser bom, mas ajuda se grudar absurdamente na cabeça.

Por isso, sem julgar o candidato em si, até porque não conheço nenhum deles, resolvi fazer um TOP 5 com alguns dos melhores, mais criativos e originais – e mais cara de pau – jingles que ouvimos por aí. Os temas são variados… tem aqueles que foram eleitos e consideram que “foi bom pro povo”, então merece o voto de novo, tem o pessoal que acreditou em mudança e que não aconteceu nada, tem filosofia de vida Disney, tem novela das 7 e tudo que você imaginar.

(Dava pra fazer TOP 5 só sertanejo/pagode, então segue aqui o compilado já prontinho no youtube. Tem Teló, João Neto & Frederico, Fernando & Sorocaba, Sorriso Maroto e mais. Muito mais.)

5. Lindolfo Pires ao som de “Beat it” (Michael Jackson)

4. Tia do Doce ao som de “Vida de Empreguete” (Penha, Cida & Rosário)

3. A dupla animada “Thalison & Tiago”: Thalison Mendes ao som de “Pokemon theme” (Pokemon) e Tiago Dionisio ao som de “Dragonball Z theme” (Dragonball Z)

2. Werley Lima ao som de “Balada Boa” (Gusttavo Lima)

*O Estúdio Praise conseguiu falar o nome do pai do cara no jingle. Palmas. “Ele é jovem, filho de Nestor”.

1. Tia Nei ao som de “Hakuna Matata” (Timão & Pumba)

(O mais interessante aqui é o quanto o vídeo é didático. Tem até a joaninha karaoke… ela deve ser, de fato, uma boa professora infantil.)

E a pergunta que não quer calar é: direito autoral pra quê né?

Mas já que falamos sobre jingles eleitorais, achei justo destacar alguns que eu realmente acho bons – grudentos, simpáticos e eficazes. Primeiro, o “Lula-lá, brilha uma estrela”. E o mais gênio de todas as eras, “Varre, varre, varre vassourinha” do Jânio Quadros.

Os clássicos não envelhecem e aquele planalto ainda tá precisando de uma faxina.

*Curiosidade do post: a música mais “parodiada” nessa eleição foi, de longe, Kuduro. #AvenidaBrasil

Links relacionados:

Para mais, clique aqui e confira o canal da Mix Produtora e as diversas “Paródias Políticas”, tem até “Sou Foda”

About these ads

6 comentários sobre “Jingle político e direitos autorais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s