Arquivos do Blog

Como seria se os sites mais famosos da internet fossem pessoas (e fizessem uma festa)

Que a internet é uma ~festa~ todo mundo sabe. Você acha de tudo, e tudo ao mesmo tempo. Até por isso, às vezes (só às vezes) fica difícil se concentrar enquanto está trabalhando. Apesar disso, são as referências que você passa o dia vendo, os textos que você lê e as pesquisas que você faz que podem te ajudar a ter aquela ideia genial (ou nem tanto).

Mas imagine o seguinte cenário: uma festa estranha com gente esquisita de verdade, com aqueles sites que você visita diariamente transformados em pessoas (e expressando a personalidade que você imaginou que teriam). Foi justamente isso que o pessoal do Cracked fez.

Eles têm na realidade uma série chamada “Internet Party”, mas a parte 3, lançada recentemente é  sen-sa-cio-nal.

Tem todo mundo.  Instagram, o hipster. Facebook, a popular que conhece a geral. Google, o geek-moderninho-prestativo. WeKnowYorMeme que pega todas – absolutamente todas – as piadas. Kickstarter, o pidão. Pinterest, que fica espalhando pins por aí, e mais.

Vale muito ver.

A melhor parte: o autocomplete do Google, sem dúvidas. (Com menção honrosa pra troca de roupa do Facebook.)

E aí, se eles fossem pessoas quem você iria querer como amigo?

Reabilitação para viciados em social media

Estagiários da BBH de Cingapura estão tentando lutar contra a dependência antissocial de smartphones e da alienação da cultura digital. A arma deles? Um kit de Reabilitação Social, que inclui cartões para escrever tweets à mão,  adesivos de LIKE do Facebook, quadrinhos para brincar de Draw Something, e até “Instaglasses“, óculos que permitem enxergar o mundo através de um filtro retrô colorido.

É, parece que o vício em social media está facilitando o processo de falar com as massas, mas está muito mais difícil falar com uma pessoa específica. Talvez a melhor parte da ação tenha sido seu ponto culminante na vida real, uma festa em um bar de Cingapura, onde os garçons “desbloqueavam” um desconto de 10% para cada hora em que alguém estivesse disposto a entregar seus smartphones. Quantas horas (ou minutos) você conseguiria ficar nessa festa? ;)

Fonte: AdFreak

O que fazer em casos de vírus, invasão ou aplicativos indesejados no Facebook. Aprenda a mudar sua senha e remover a autorização de aplicativos.

Mais uma lição pra você aprender: não aceite todas as solicitações de seus amigos e, POR FAVOR, não mande qualquer solicitação aos seus amigos. As coisas na web viralizam facilmente, e às vezes, essas coisas acabam sendo vírus mesmo.

É o caso do último “golpe” que circulou pelo Facebook, o tal do botão “Não Curti”. Assim que você autorizava o aplicativo em seu perfil, ele tentava baixar um arquivo em seu computador. Mas alguns navegadores mais inteligente, como o Google Chrome, alertavam para a suspeita.

facebook botão não curti

Portanto, vamos aproveitar e falar sobre o que você deve fazer quando acontecer uma situação dessas. São 2 os passos básicos a seguir:

1 – Remova a autorização do aplicativo;
2 – Mude sua senha.

Como remover um aplicativo de seu facebook:

Como: acesse https://www.facebook.com/bookmarks/apps, clique no lapizinho ao lado do aplicativo e pronto, é só remover.

como remover um aplicativo do facebook

Como mudar a senha do facebook:

Como: no canto superior direito de sua tela, clique na flechinha ao lado de “Página inicial” e vá em “Configurações de conta”. Quando abrir a página, só clicar no “Editar” correspondente à “Senha”.

como mudar a senha do facebook

como mudar a senha do facebook

É isso aí, pessoal. Qualquer coisa, é só deixar um comentário.

Google Plus abre espaço para páginas corporativas, mas função vem com problemas

O Google Plus – aquela rede social para a qual todos queriam um convite e onde hoje rolam bolas de feno -, finalmente lançou uma opção para empresas, marcas e bandas. São as páginas, nada muito diferente das fanpages do Facebook.

E já está todo mundo correndo para criar sua página por lá, só pra ver no que vai dar, né? É que, apesar de o Google+ tender para o segundo plano, esta é, certamente, a rede social preferida do Google, o que significa que ela provavelmente vai ter uma relevância muito grande nos buscadores (leia-se buscador Google).

Muito bem. Além disso, o próprio Google já criou páginas para suas marcas, mostrando o potencial de interatividade. Vamos ver:

Mas a verdade é que o lançamento parece um tanto ‘inacabado’. As páginas não têm a opção de multi-administrador, como no Facebook; não é possível transferir uma página para outro proprietário, como no Facebook; e não é possível personalizar a URL da página, como no Facebook. Fail?

Respondendo às preocupações constantes de alguns usuários, Google+ Community Manager Toby S. disse:

Primeiro, não há nenhuma funcionalidade de multi-admin ainda, mas é uma prioridade para nossa equipe e essa função chegará muito em breve!

Segundo, nossa equipe está trabalhando em uma maneira de transferir a propriedade de página de modo que, se um proprietário da página deixa a sua empresa, a página da marca pode ser mantida. Isso também acontecerá muito em breve.

Mas sobre a personalização das URLs, eis sua declaração:

Eu não posso falar em planos de longo prazo para variação das URLs, mas no momento não é uma prioridade para a nossa equipe e gostaria de continuar sob a suposição de que elas não estarão disponíveis.

Oi? Não ter a possibilidade de personalizar a URL muda muita coisa. Pra começar, já não dá pra divulgar o link fora da internet – por que quem vai querer escrever um link assim https://plus.google.com/b/111082208927639455123 ?? (by the way, esta é a página do Biscoitos Sortidos).

Muito alarde pra pouca novidade. Mas enfim, se você quiser criar uma página no Google+, vá para https://plus.google.com/pages/create.

Agora, só me resta perguntar: Google+, mais um #fail?

Desenhos animados invadem as fotos de perfil no Facebook

Quem tem Facebook já percebeu: usuários estão trocanco suas fotos de perfil por personagens de desenhos animados. O “movimento” nasceu como protesto contra a violência infantil, mas muita gente entrou na onda sem entender bulhufas o que estava acontecendo.

A ideia é simples: escolha o desenho que marcou sua infância e mude sua imagem-avatar na rede social.
O protesto vai até dia 12 de outubro, dia das crianças.

Resolvi entlar na “blincadeira” e tloquei a minha. Serei Cebolinha por uma semana.

Desenho Facebook Cebolinha

E você, já está participando? Qual desenho marcou sua infância?

E se o Facebook e o Twitter fossem super-heróis?

Se você gosta de super-heróis, Super Trunfo e de redes sociais, então prepare o seu coração. Imprima a imagem abaixo, recorte, e divirta-se com os amigos nerds! :)

Fanpage do Redbull ”inspirando” a web

Não é de hoje que o Redbull é boa referência quando falamos de fanpages na rede de Zuckerberg. Pois é, então vou contar uma historinha:

Era uma vez um cliente que, enaltecido com o grande boom que o Facebook teve no Brasil, passou para sua agência de publicidade o seguinte briefing:

“Vocês viram o página do Redbull no Facebook, que legal?
Então, a gente quer algo tipo isso no nosso Facebook também!”

Resultado (veja ”ao vivo” aqui e aqui):

Este slideshow necessita de JavaScript.

Brincadeiras à parte, está tudo muito bonito, obrigado. Mas, fica evidente a de onde veio a inspiração de nosso querido diretor de arte, não acha?

E se o Facebook e o Twitter fossem sua vida real?

Se a gente parar pra pensar o quanto nossa “vida digital” é bizarra, todos poderíamos ser considerados loucos, lunáticos, doidos, gagás.

1.500 amigos?? Amigos mesmo? Ah vai, duvido que você não tenha no seu Facebook aquela pessoa que você viu uma vez na vida, bêbado, e não sabe mais quem é. Seguir pessoas no maior estilo stalker? Curtir tudo o que seus amigos fazem e falam por aí? Estranho, não?

É disso que fala o vídeo abaixo, de um jeito bem hilário. Nós somos todos loucos nesse mundo digital!

Este vídeo é um viral de divulgação de uma ópera chamada TwoBoys, de Nico Muhly.

Post relacionado:
Roleta  Russa no Facebook: você pode perder sua vida (digital) 

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.403 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: