Arquivos do Blog

Test-drive viral: o que acontece ao apertar o botão VA VA VOOM do Novo Renault Clio?

test-drive-viral-carro-renault

No Reino Unido, clientes foram surpreendidos ao testarem o Novo Renault Clio.

O test-drive ocorre normalmente, até que o vendedor sugere ao motorista apertar a nova função “VA VA VOOM” do veículo. Quando isso acontece, o cliente é transportado para a charmosa Paris, com direito a Torre Eiffel e dançarinas de cabaret vestindo apenas lingeries. O resultado é uma experiência inesquecível para o consumidor e um excelente viral para a marca.

Leia o resto deste post

Bazinga! Flashmob nos bastidores de The Big Bang Theory

Sabe como é né, você está lá, gravando mais um episódio de The Big Bang Theory, quando de repente começa a tocar Call Me Maybe no set. What?? É isso aí. No último dia 15, a CBS divulgou um vídeo das gravações do seriado, e o que vemos é uma intervenção dos próprios atores e da equipe de produção com uma coreografia ensaiada para o hit de Carly Rae Jepsen. O único que não fez parte da dancinha foi Sheldon =/

E ainda tem outro vídeo mostrando que a farra não parou por aí não.

Como fazer um viral

“Faz um viralzinho aí”

Se você tem um pouco de noção de como funciona a Internet e as social medias, você tem também alguma noção do quanto essa frase está errada. Em todos os níveis possíveis. Ops, estava errada. a Buyral criou uma solução miraculosa para os problemas de todos os clientes: eles contratam estagiários, idosos e crianças para clicar no seu vídeo. Não, eles vão além. Eles aproveitam qualquer botão físico da vida real – elevador, celular, interruptor – para transformá-lo em uma ferramenta que leva cliques a você.

“Um dia, nós não precisaremos do usuário”

Toda essa brincadeira é, obviamente, uma crítica. Vale a pena forjar um viral se as pessoas não estão nem aí pra ele?

10 anúncios que não deram certo

Na Publicidade, não basta ser criativo. Todo o resto tem que dar certo. E às vezes, você tem que ter sorte para o seu anúncio da funerária não cair na mesma página da notícia de um acidente fatal. Sorte ou um pouco de atenção e bom senso do cara do jornal. Enfim, vamos mostrar aqui alguns desses anúncios que deram azar na hora de serem publicados/veiculados. Tipo um anúncio de oportunidade. Só que ao contrário.

piores-anúncios-yahoo-404

Leia o resto deste post

Curtindo a Vida Adoidado, Versão 2012

Depois de um teaser de 10 segundos que gerou muita expectativa nos fãs de “Curtindo a Vida Adoidado“, finalmente foi revelado quem é o anunciante por trás de tudo: a Honda, com seu novo CR-V.

O vídeo ficou bem legal, com ótimas referências ao filme original, sintetizadas em 2 minutos e meio. Mas ficou bem claro que dessa vez era o dia de folga do Mathew Broderick, e não do Ferris (em referência ao título original, Ferris Bueller’s Day Off – “O dia de folga de Ferris Bueller”).

Enfim, foi uma ótima sacada, gerou um buzz legal, mas o original continua sendo uma Ferrari, enquanto que o comercial é só um Honda mesmo: certinho, mas comum.

Post Relacionado:
E mais um teaser adoidado do Superbowl

E se o Facebook e o Twitter fossem sua vida real?

Se a gente parar pra pensar o quanto nossa “vida digital” é bizarra, todos poderíamos ser considerados loucos, lunáticos, doidos, gagás.

1.500 amigos?? Amigos mesmo? Ah vai, duvido que você não tenha no seu Facebook aquela pessoa que você viu uma vez na vida, bêbado, e não sabe mais quem é. Seguir pessoas no maior estilo stalker? Curtir tudo o que seus amigos fazem e falam por aí? Estranho, não?

É disso que fala o vídeo abaixo, de um jeito bem hilário. Nós somos todos loucos nesse mundo digital!

Este vídeo é um viral de divulgação de uma ópera chamada TwoBoys, de Nico Muhly.

Post relacionado:
Roleta  Russa no Facebook: você pode perder sua vida (digital) 

Pra Começar o Dia #6

Você deixaria um bêbado pegar seu carro?

Pois é, nem que seja você mesmo.

1983 em 2010

O que você faria para chamar a atenção d ex-crianças que, há 15 anos, assistiram e se apaixonaram por uma história de brinquedos?! Bom, você pensa, se o público cresceu, nosso personagem também pode crescer.

Foi exatamente isso que os produtores de Toy Story 3 fizeram a fim de desenvolver a história do terceiro filme sobre Woody, Buzz Lightyear e (o agora crescido) Andy. O ser humano é naturalmente nostálgico (ao menos em sua grande maioria). E o filme, devido a sua proposta, carrega também esse tom de nostalgia, de fim da infância, de crescimento.

Eu não fui a maior fã de Toy Story, mas acho legal. E confesso que estou bem ansiosa pelo terceiro filme, até porque agora teremos uma Barbie e um Ken… de echarpe e polainas. E tudo promete ser bem divertido.

A impressão que fica é que é um filme feito para crianças, seus pais e o “meio termo”. Afinal, piadinhas com o “namorado perfeito” da Barbie ficam ainda mais divertidas quando já se brincou com ele e aquele seu cabelo bizarro.

Pensando nisso, a Pixar/Disney lançou um viral. Um comercial sobre um dos personagens do filme, o ursinho que toma conta dos brinquedos da creche (onde os brinquedos já conhecidos vão parar).

O vídeo é feito com tanto cuidado, desde a fonte utilizada ao “chuvisco” na parte inferior da tela, que se passa (muito) fácil por verdadeiro. O que prova que o investimento em marketing anda sempre alto em Hollywood.

A propaganda é, teoricamente, de 1983. Ótima data, certo?! Infância dos anos 80. Nós somos o público alvo. Eu nasci em 88, assisti ao filme ainda criança, e achei que mandara muito bem na escolha. E se você não é dessa época, ou não lembra das propagandas, aqui tem uma (real) de 1981, do Burger King.

Aliás, sabe quem é essa garotinha?! Sarah Michelle Gellar, nossa eterna caça-vampiros Buffy, no auge de seus 4 aninhos. Detalhe: ela ficou impedida de entrar no Mc Donalds durante muitooo tempo depois disso aí, haha.

Sinceramente, deram um tiro no pé. Também, né, nunca imaginaram que um dia ela fosse ser tão famosa. Se eu fosse do BK, contratava ela pra outra propaganda, adulta, haha. E, na real, se eu fosse do Mc também contrataria. Seria  muito divertido.

Parando minha divagação uns instantes, é incrível como ficou bem feito o vídeo vintage do fooofo do “Lots-o’-Huggin“. E aí, ficou com vontade de ter um desses? Não se preocupe. Ao que tudo indica, você pode(rá). Quando a coleção de brinquedos de Toy Story 3 for lançada, você poderá ter um montão de abraços só pra você.

Lots-o'-Huggin

Eles até se parecem, ó!

Por enquanto, apenas alguns privilegiados recebem esses abraços. Ned Beatty, a “voz” do ursinho, já ganhou o dele. E fala sério, olha como ele parece gostoso de apertar, ohn..! Eu quero um! Dizem por aí que vai custar uns 40 dólares. Que bom que vontade é uma coisa que dá e passa, né?! Haha :]

Espero que exemplos como esse sejam seguidos sempre. É (quase) tão divertido quanto o próprio filme.

Links relacionados:

Brainstorm 9, o viral da Pixar
Garanta o seu “Lots-o’-Huggin”

Posts relacionados:

Stark Expo
Buffy, a Caça-Vampiros

Publicado por: Lê Scalia

Guerrilha viral…

Geralmente, uma ação de guerrilha bem feita acaba se viralizando na internet. Essa aqui é mais literal. A ação consistia em literalmente espalhar um vírus entre as pessoas para divulgar uma marca de suplementos alimentares… hahaha. Bem, só posso dizer que é bem melhor do que alguém entregando panfletos.

Fonte: Buzzófias

Publicado por Lu

Os virais do vírus #2

Ontem eu escrevi sobre os virais que a gripe suína tem produzido, com o perdão do trocadilho. Ontem mesmo eu vi nas reportagens mais lidas da Folha uma em especial que falava dos e-mails e boatos que circulam em Curitiba.

E não é que hoje eu recebi um e-mail com um link para uma página com respostas sobre os e-mails enviados com “informações” e boatos? Eu ri. Mas é legal ver como esses virais geraram repercussão e demandaram respostas convenientes para os boatos criados.

Veja nesse link e comente.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.403 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: